Fabio Alves

MÃE

Da transgressão, nasce a maldade, da desobediencia, nasce a transgressão, da maldade, nasce a loucura, que gera inúmeros sentimentos bons e maus.

Um dos sentimentos que poderíamos nomear, seria o "ser mãe".

Ser mãe é loucura, porque dos filhos, nascem sentimentos diversos. Pelos filhos, uma mãe dá a sua vida. Por eles, ela se sacrifica.Por eles, ela passa fome, dor, angústia e desespero.

Esse presente texto é dedicado a minha mãe, que no dia 11 de março passado, completaria 50 anos.

Parabéns mamãe!!

Os seus tres filhos, mais o neto que voce não conheceu, nunca te esquecerá.

Pelo contrário, a vovó Sandrinha faz muita falta e onder quer que voce esteja, saiba que te amamos muito e que cada dia sem a sua presença, é um  sentir-se só, almejando o seu carinho, a sua paixão pelos seus pequenos.

Homenageamos a mulher nascida de mulher, no Estado so Espírito Santo, na cidade de Vitória aos 11 de março de 1959.

Foi abandonada aos 3 anos de idade, enfrentando a ira das pessoas que não enxergaram o amor que havia em seu coração.

Enfrentou a morte e a loucura todos os dias da sua vida. Se deparou com todos os credos, religiões e crendices.

Foi salva da insanidade, porque dela haveria de nascer o seu bem maior, porque no coração da mãe, o único tesouro que tem espaço é a sua própria semente.

Te amamos porque nunca nos abandonaste, nunca nos desamparaste.

Para nós, voce é a heroína maior, a guerreira que nos deu o exemplo de como driblar a dor, de como sorrir com prazer, nos ensinou como fugir da loucura e como desafiar a morte.

Não sabíamos que faria tanta falta.Não sabíamos que precisaríamos tanto ainda das vossas orações.

Mas sabemos também, que o seu amor não nos deixou. O seu exemplo de luta e resignação, nunca nos deixou.

No seu último suspiro de vida, lembro-me que a sua dor era colossal, o seu sofrimento inigualável.

Mas, escutei e ví quando na sua ultima tentativa de preservação do ser tesouro, tu gristastes às pessoas que puderam escutar : - Esse é o meu filho ! Esse é o meu filho que vos falei!

Pois bem, saiba que levamos dentro de nós um exemplo de uma mulher de ferro e de fé.

E, que todos os dias, carregamos dentro de nós um grito singular :

- Essa foi a nossa mãe! A que tanto vos falei !

Se ainda há algo que não nos fez desistir, foi o medo ou a vergonha de te decepcionar.

O seu exemplo será eterno dentro de nós.

      Te amamos muito mamãe !

               Parabéns pelo seu dia.

 

Alle Rechte an diesem Beitrag liegen beim Autoren. Der Beitrag wurde auf e-Stories.org vom Autor eingeschickt Fabio Alves.
Veröffentlicht auf e-Stories.org am 19.03.2009.

 

Der Autor

 

Leserkommentare (0)


Deine Meinung:

Deine Meinung ist uns und den Autoren wichtig! Diese sollte jedoch sachlich sein und nicht die Autoren persönlich beleidigen. Wir behalten uns das Recht vor diese Einträge zu löschen! Dein Kommentar erscheint öffentlich auf der Homepage - Für private Kommentare sende eine Mail an den Autoren!

Navigation

Vorheriger Titel Nächster Titel


Beschwerde an die Redaktion

Autor: Änderungen kannst Du im Mitgliedsbereich vornehmen!

Mehr aus der Kategorie"Remembrance" (Kurzgeschichten)

Weitere Beiträge von Fabio Alves

Hat Dir dieser Beitrag gefallen?
Dann schau Dir doch mal diese Vorschläge an:

FUTURO - Fabio Alves (Life)
A Long, Dry Season - William Vaudrain (Life)