Flavio Cruz

Os óculos dos cegos

 
Era uma terra de cegos. Alguns, porém, tinham óculos. Ou por vaidade, ou por outro motivo qualquer, não se sabia. Já que não se podia ver, as pessoas falavam muito. Bem e mal, principalmente mal. Talvez seja a natureza humana.
Um dia, sem mais nem menos, alguém começou a gritar que seus óculos tinham sido roubados. Muita confusão. Um grande falatório. Depois de muita xingação de todas as facções - sim, havia muitas - acharam alguns culpados. Logo foi possível perceber que os acusadores também eram culpados e muitos – quase todos - começaram a gritar. Quase todos tinham roubado óculos, quase todos tiveram óculos roubados. Grita daqui, grita de lá, prende aqui, prende acolá, solta aqui, prende lá. Resultado: todos os reclamantes tinham roubado óculos. Uns mais, outros menos.
A questão agora era quem conseguia gritar mais, uma vez que ver, ninguém conseguia. Preciso fazer uma correção. Alguns poucos não eram cegos. A maioria deles, porém, não queria ver e por isso fechou os olhos no meio da confusão. Uns poucos viam, mas fingiam que não.
Eu acho que no fim, tudo vai ficar bem. Vão redistribuir os óculos roubados, fazer algum tipo de acordo. Muitos, porém, nunca vão ter óculos. Nunca tiveram. Os que eram destinados a eles, foram roubados há muito tempo atrás. Sem óculos, sem direito a reclamar, sem direito a gritar. São cegos e mudos.
Escrevi esta história mas não sei o que significa. Se você tem uma interpretação, porém, deve estar certa. Acho que sim. Alguém precisa abrir os olhos e ver. Quem sabe, você?

 

Alle Rechte an diesem Beitrag liegen beim Autoren. Der Beitrag wurde auf e-Stories.org vom Autor eingeschickt Flavio Cruz.
Veröffentlicht auf e-Stories.org am 09.03.2016.

 

Leserkommentare (0)


Deine Meinung:

Deine Meinung ist uns und den Autoren wichtig! Diese sollte jedoch sachlich sein und nicht die Autoren persönlich beleidigen. Wir behalten uns das Recht vor diese Einträge zu löschen! Dein Kommentar erscheint öffentlich auf der Homepage - Für private Kommentare sende eine Mail an den Autoren!

Navigation

Vorheriger Titel Nächster Titel


Beschwerde an die Redaktion

Autor: Änderungen kannst Du im Mitgliedsbereich vornehmen!

Mehr aus der Kategorie"Politics & Society" (Kurzgeschichten)

Weitere Beiträge von Flavio Cruz

Hat Dir dieser Beitrag gefallen?
Dann schau Dir doch mal diese Vorschläge an:

O Dedo que Caiu do Céu e algumas metáforas pertinentes - Flavio Cruz (General)
Pushing It - William Vaudrain (General)