Flavio Cruz

Crônica do amor perdido

 
Procuro no escuro da noite os segredos do Universo. Na luz do dia não posso ver as estrelas porque ele, o sol, ofusca minha visão. É assim com você. Procuro também a beleza de outras mulheres, solitário nas noites, porque, você, minha querida, também ofusca todo meu ser, quando está junto de mim. Por que tem de ser assim?
Falei isso para minha amada e ela me disse que eu tinha razão. Ela se afastou. Procurei e vi as luzes da noite, vi a beleza de outras mulheres. Delas me aproximei para melhor apreciar tal visão. Mas elas eram pálidas, vazias. Procurei mais e nada achei. Voltei então para a luz da minha vida. Mas ela não estava mais lá. Deixou, porém um bilhetinho:
Notei que você gostava mais das estrelas da noite do que de mim. Por isso, viajei noite adentro, e me coloquei no meio de uma enorme constelação. Estarei lá, te esperando. Brilhando, brilhando.
E eu olhei para a noite infinita. Olhei para a Via Láctea com suas milhões de estrelas. A minha amada devia ser uma delas. Mas havia tantas e tantas, jamais a descobriria.
Foi assim que perdi meu grande amor. E agora vivo sozinho debaixo deste sol causticante. Tenho medo da noite e o que faço é só dormir. Tenho medo de encontrar, um dia, quem sabe, minha amada, e ela estar de namoro, lá longe, neste infinito sem fim, com algum astro qualquer...

 

Alle Rechte an diesem Beitrag liegen beim Autoren. Der Beitrag wurde auf e-Stories.org vom Autor eingeschickt Flavio Cruz.
Veröffentlicht auf e-Stories.org am 25.10.2015.

 

Leserkommentare (0)


Deine Meinung:

Deine Meinung ist uns und den Autoren wichtig! Diese sollte jedoch sachlich sein und nicht die Autoren persönlich beleidigen. Wir behalten uns das Recht vor diese Einträge zu löschen! Dein Kommentar erscheint öffentlich auf der Homepage - Für private Kommentare sende eine Mail an den Autoren!

Navigation

Vorheriger Titel Nächster Titel


Beschwerde an die Redaktion

Autor: Änderungen kannst Du im Mitgliedsbereich vornehmen!

Mehr aus der Kategorie"Love & Romance" (Kurzgeschichten)

Weitere Beiträge von Flavio Cruz

Hat Dir dieser Beitrag gefallen?
Dann schau Dir doch mal diese Vorschläge an:

O diabo existe? - Flavio Cruz (Humour)
Pushing It - William Vaudrain (General)